Segundo Princípio Ético

by Thiago Biancheti

Ler a orientação de nossa querida líder, Da. Mara Menezes, é sempre uma alegria, pois para ficarmos cada vez melhor, nada como uma orientação assertiva. Ela nos expôs ano passado na REVISTAE de fevereiro de 2016:

O Segundo Princípio Ético Institucional do Amor-Exigente: manter sigilo em relação aos depoimentos e a identidade dos participantes de seu grupo. O sigilo só poderá ser quebrado com autorização expressa do interessado ou quando houver risco para si próprio ou para terceiros. O Segundo Princípio Ético Familiar do AE: manter sigilo em relação a conversas e segredos do núcleo familiar onde se está inserido. O Segundo Princípio Ético Comunitário do AE: orientar e motivar as pessoas a tomarem decisões morais e éticas sobre assuntos que definirão seu próprio futuro e de toda a comunidade.

Escrever sobre os Princípios do Amor-Exigente é de certa forma definir os valores em que eu mesma acredito e tento seguir, todos os dias, cuidadosamente. Quando se trata de Princípios Éticos, torno-me ainda mais exigente e firme, convencida da importância em observar esses valores para preservar relacionamentos interpessoais. Que significa o SIGILO em uma Instituição como o Amor-Exigente? TUDO!

Ser sigiloso é imprescindível, não expor o que ouvimos do sofrimento, da frustração, dos erros dos outros ou de suas falhas, sem sair por aí julgando, condenando e diminuindo as pessoas, como que para mostrar que somos melhores, ou como consolação por causa de nossas próprias limitações… Além disso, é extremamente desapontador confiar um segredo a alguém que consideramos um amigo, para sermos depois surpreendidos pela inescrupulosidade dele em divulgar para os outros nossas fragilidades. O pior é que sempre ficamos sabendo quem é o difamador. A falta de sigilo destrói relacionamentos sim, mas acima de tudo significa ser desrespeitoso e indigno. Uma maneira mesquinha e infantil de lograr enaltecimento próprio, às custas da diminuição do outro.

Sinto que cada valor que vivemos no AE está sempre ancorado no amor e no respeito ao próximo. Nas leis de DEUS, o quarto mandamento nos diz para respeitar nossos pais. Não precisamos amá-los, mas precisamos respeita-los sob pena de sofrermos consequências importantes a partir disso. Santo Agostinho nos manda primeiro amar, amando, fazer o que quisermos. Assim, amando e respeitando nosso semelhante estaremos vivendo o sigilo da forma como nos grupos de apoio se espera e precisa que vivamos. As profissões, as carreiras de maior sucesso no mundo são aquelas em que o sigilo, o respeito e o amor pelo próximo levam à realização pessoal, à autoestima e ao prazer de sermos quem somos.

REFLEXÃO E META POSSÍVEL:

  • Ser sigiloso, o que significa isto para você?
  • Na sua maneira de pensar, a pessoa que sabe guardar segredo é admirável?
  • Pode ser uma de suas metas, visando ao aperfeiçoamento pessoal, o sigilo?

As flechas lançadas, as palavras faladas e as oportunidades perdidas não voltam mais”, portanto, nunca percamos a
chance de fazer silêncio em respeito a quem quer que seja. Amemos ao próximo como a nós mesmos, falemos só para construir, elevar, melhorar o mundo. Sejamos felizes num ambiente cada vez melhor!

Você pode se interessar também por:

6 comments

Patricia Franco 16 de fevereiro de 2017 - 15:57

Boa tarde , sempre vejo os programas e gostaria que vcs me indicassem um livro pra ler , pois minha filha está em recuperação e sai da clínica no pxm mês, preciso de ajuda , aqui não tem grupo de amor exigente.

Reply
Ronaldo Risseto 7 de março de 2017 - 16:25

Se vc entrar no site do Amor-Exigente encontrara na Lojinha alguns livros que podem ser de grande ajuda. Partciularmente sugiro a leitura de Mostrar Caminhos e Um certo Capitao Neno. Dois livros muito bons para processo de recuperacao.
Ligue para 19.32522630 fale com a Jaqueline

Reply
Terezinha pinheiro 15 de janeiro de 2018 - 13:52

Podemos postar fotos no grupo de comunidade das pessoas internadas?

Reply
Thiago Biancheti 17 de janeiro de 2018 - 18:58

Quais fotos?

Reply
Anonimo 12 de abril de 2018 - 14:01

Bom dia, se uma pessoa fizer quebra de sigilo, de um testemunho ouvido numa sala de Amor Exigente, o difamado deve tomar qual atitude?
A institiiçao pode ser fechada? Se levar na lei.

Reply
Thiago Biancheti 18 de abril de 2018 - 15:50

A quebra do segundo princípio ético, que é a manutenção do sigilo, deve ser comunicada ao coordenador de grupo para que ele tome as providências necessárias.

Reply

Leave a Comment

×