FÉ NA SABEDORIA DIVINA

by Thiago Biancheti

“Fariseu cego! Para que a limpeza exterior seja válida, é preciso primeiro limpar o interior.” (Mt 23, 26).

4° Princípio Básico de Amor-Exigente é: VALORIZADOR. Pais e filhos não são iguais. Professores e alunos não são iguais. Você e eu não somos iguais. Cada um de nós tem um papel diferente. É importante assumir nossa missão de pai, de professor ou de médico, enfim, e orientar, nortear a conduta das pessoas, estabelecendo normas e regras que precisam ser respeitadas para o bem de todos.

10% DAS POPULAÇÕES
O uso abusivo de drogas não mais deve ser considerado um fenômeno marginal, isolado ou restrito a grupos específicos da sociedade. Estatísticas de fontes especializadas, como a Organização Mundial da Saúde, indicam crescimento do consumo de substâncias psicoativas nos centros urbanos de todo o mundo, atingindo cerca de 10% das populações, independente de idade, sexo, nível de instrução e poder aquisitivo. Trata-se, portanto, de uma importante questão de saúde pública, cuja gravidade pode ser medida em recente pesquisa do Ibope, que identificou a elevação do consumo de drogas entre jovens como a terceira maior preocupação do povo brasileiro, atrás apenas do desemprego e do atendimento de saúde.

Nossa experiência profissional confirma tanto o crescimento no consumo de drogas (ou a sua maior visibilidade) quanto a diversificação do perfil dos usuários. As pessoas que hoje procuram orientação sobre drogas pertencem aos mais diferentes grupos étnicos, culturais e socioeconômicos. São universitários, estudantes de segundo grau, educadores, diretores de empresas, profissionais de saúde e RH e donas de casa.

Existem soluções. A principal é a fé. Nada faz muito sentido nem parece valer a pena, a menos que tenhamos fé na sabedoria divina. As tragédias não fariam sentido. Os planos fracassados fariam a vida parecer inútil. O esforço para unir-se a Deus pareceria infecundo, mas nosso Poder Superior é a Sabedoria que nos guia. Deus é nosso Guia e os acontecimentos fora de nosso domínio também estão sob a jurisdição divina.

Podemos não entender, mas precisamos da fé para continuar a entregar a vida. Deus tem a sabedoria, nós não.

Contudo, se tivermos fé na sabedoria divina, nós mesmos não precisaremos ter essa sabedoria onipotente.

É minha fé inabalável? “Senhor, que eu tenha fé em tua sabedoria para livrar-me de minhas falsas escolhas, dúvidas e incertezas.”

Hoje assim expressarei minha fé: “Senhor, dê-me o hábito da sobriedade”.

Quando os hábitos do monge são mantidos ao longo do tempo, modificam sua percepção que, por sua vez, alimenta a manutenção dos hábitos em níveis crescentes de conscientização e evolução. Assim, parafraseando Sócrates, podemos concluir que o contínuo exercício da virtude torna virtuoso o coração.

“Eu acredito no sol, mesmo quando não ilumina.
Eu acredito no amor, mesmo quando não o sinto.
Eu acredito em Deus, mesmo quando permanece calado.”

“Senhor, rogo-te que me faças conhecer o Amor que
ultrapassa todo entendimento, que se encontra no conhecimento
de Ti.”

Por Padre Haroldo J. Rahm, SJ, Fundador e Presidente de Honra da FEAE – edição n° 223 da REVISTAE – Abril/2018.

 

Você pode se interessar também por:

1 comment

Sindai Elder 24 de abril de 2019 - 08:56

Gratidão!
Esta é a palavra que vem a minha mente após ler este texto … maravilhoso!!!
Gratidão pela vida e pela pessoa do P. Haroldo, Gratidão pela oportunidade de conhecer a proposta do AMOR EXIGENTE e com ela ter mudado toda a minha vida !
Hoje eu tenho grupo e vou ler este maravilhoso texto para inspirar, dar esperança e espalhar mais Fé e Amor ! Obrigado AE !

Leave a Comment

×